Grupos de Atendimento ao Câncer de Mama Rio de Janeiro RJ

grupo de atendimento cancer de mama rj Grupos de Atendimento ao Câncer de Mama Rio de Janeiro RJ

 

Grupo de Apoio ao Câncer de mama

Por que o câncer de mama assusta tanto?

Em primeiro lugar, a própria palavra “câncer” assusta bastante. É o diagnóstico que ninguém quer ouvir da boca do médico. Entretanto, com o envelhecimento da população, os casos de câncer vão se tornando, inevitavelmente, mais comuns. E, embora o diagnóstico ainda assuste, há tratamentos eficazes para uma imensa parcela dos casos desta doença. Em todos os casos, pelo menos uma coisa em comum podemos afirmar: quanto mais precoce for o início do tratamento, maiores serão as chances de cura!

O câncer de mama assusta muito as mulheres por ser o tipo de câncer mais comum entre elas. Infelizmente, no Brasil, o diagnóstico não costuma ser feito precocemente, o que piora o prognóstico….

Riscos no câncer de mama

Quais mulheres estão sob mais risco?

A idade é um importante fator de risco. Em mulheres com menos de 35 anos, é raro acontecer um câncer de mama. A partir dessa idade, porém, o risco aumenta progressivamente.Mulheres que tem história de câncer de mama na família têm maior risco do que aquelas que não tem esse histórico. Se o câncer ocorreu em uma familiar de 1º grau (mãe ou irmãs) e se aconteceu antes dos 50 anos nesta familiar, então o risco é ainda maior.Mulheres que tiveram a primeira menstruação muito novas, que entraram na menopausa tarde (após os 50 anos), que tiveram a primeira gravidez após os 30 anos ou que nunca ficaram grávidas também estão sob maior risco de terem câncer de mama.

Prevenção do Câncer de Mama

Como prevenir?

A medida mais eficaz de prevenção é a detecção precoce. Para isso, consulte seu ginecologista anualmente e questione-o sobre o melhor esquema de prevenção para o seu caso específico. Seu ginecologista conhece sua história familiar e pessoal e poderá avaliar em que grupo de risco você se encontra. Assim, ele saberá orientá-la sobre como prevenir o câncer de mama: ele pode solicitar mamografias e ultrassonografias da mama periodicamente (anualmente, de dois em dois anos, ou até, dependendo do caso, semestralmente) e fazer o exame clínico das mamas, que também é muito importante.

Você pode fazer o auto-exame de Câncer de mama

E o auto-exame?

Observar cuidadosamente e apalpar as mamas uma vez por mês é fácil, rápido, gratuito e indolor – você pode fazer o auto-exame durante o banho, por exemplo, em um dia fixo do mês – por exemplo, sempre no dia em que acabar a menstruação. Caso note qualquer nodulação na mama ou na axila, saída de secreção pelo mamilo ou qualquer retração na pele do seio, procure imediatamente seu médico. Infelizmente, existem tumores de mama que não são palpáveis, ou por estarem localizados muito profundamente ou por serem ainda muito pequenos. Por isso, nunca substitua a ida ao médico pelo auto-exame! Ele é importante, mas, sozinho, pode não ser eficaz. Muitos tumores só poderão ser palpados em um estágio avançado. E lembre-se, o que desejamos é detectar o câncer o mais precocemente possível!

auto estima cancer de mama rio de janeiro rj Grupos de Atendimento ao Câncer de Mama Rio de Janeiro RJ

Auto-estima e o câncer de mama

Porque o câncer de mama mexe tanto com a auto-estima das mulheres?

O Câncer de mama afeta uma parte do nosso corpo muito ligada à feminilidade. Os seios são parte da identidade da mulher, são zonas erógenas no momento do sexo, são poderosas armas de sedução e, o mais importante, são a forma pela qual transmitimos amor e alimento aos nossos filhos! Perder uma ou ambas as mamas, portanto, parece um pesadelo para a maioria das mulheres. Nem sempre é necessária a retirada da mama, em muitos casos se consegue remover apenas o tumor ou apenas uma pequena parte da mama. Mas, às vezes, é necessário sim fazer a retirada completa da mama, em um procedimento conhecido como mastectomia. Além disso, algumas vezes o tratamento do câncer exige, além da mastectomia, terapia adjuvante com quimioterapia e\ou radioterapia. Neste caso, há a ameaça da perda dos cabelos, outro símbolo muito cultuado de feminilidade. Caso seja preciso remover os gânglios da axila, o que às vezes ocorre, a mulher pode ter inchaço no braço correspondente e ficar proibida de retirar as cutículas das unhas da mão e de depilar a axila. E lá se vão outros rituais de beleza da mulher….portanto, não é difícil entender porque o Câncer de mama abala tanto a vaidade feminina!

atendimento cancer de mama rio de janeiro rj Grupos de Atendimento ao Câncer de Mama Rio de Janeiro RJ

Ajuda e inscrição nos Grupos:

Eu enfrentei ou estou enfrentando o câncer de mama. Como este grupo pode me ajudar?

Este grupo de apoio reúne mulheres que passaram ou estão passando pela luta contra o câncer de mama e que se identificaram com as questões acima. Que estão apavoradas, com medo, fragilizadas, desesperadas, deprimidas ou, ao contrário: que estão enfrentando a doença com esperança e otimismo! Aliás, não é raro que todos esses sentimentos se confundam e se alternem. Neste espaço, poderemos discutir e analisar todo e qualquer sentimento que esteja perturbando você, sem vergonha, medo de não estar sendo forte o suficiente, receio de preocupar ou fazer os familiares sofrerem caso fale sobre a doença e o seu medo da morte, do tratamento ou da doença em si. Os grupos têm encontros semanais e cada um conta com no máximo cinco participantes.

Inscreva-se: aqui

Se preferir, ligue para (21) 8880-4339 ou envie seu e-mail para dra.juliana.garbayo@gmail.com.

salmao evita cancer de mama Grupos de Atendimento ao Câncer de Mama Rio de Janeiro RJ

 Saiu uma matéria na VEJA bem interessante:

Peixes oleosos, como o salmão, podem reduzir risco de câncer de mama

Comer duas porções de atum, salmão ou sardinha por semana pode ajudar a reduzir as chances de uma mulher desenvolver câncer de mama. Essa é a conclusão de uma revisão de estudos publicada no periódico British Medical Journal (BMJ). A explicação deve-se ao fato de que esses peixes contêm gordura insaturada, que, ao contrário da gordura saturada, faz bem à saúde.

“A gordura desses peixes, ao contrário de uma gordura animal qualquer, é benéfica”, explica o oncologista Ricardo Marques, do Centro de Oncologia do Hospital Sírio Libanês, em São Paulo. “Esse tipo de gordura poli-insaturada encontrada nos peixes marinhos substitui a gordura que leva a pessoa a engordar. Então, ao consumir peixes oleosos, é como se estivéssemos trocando uma gordura ruim por uma boa.”

Saiba mais

GORDURA INSATURADA
Diferente das saturadas, ajuda a reduzir os triglicerídeos, um tipo de gordura que em alta concentração é prejudicial, e a pressão arterial. Pode ser monoinsaturada ou poli-insaturada. Essa última pode ser, por exemplo, Ômega 3 e 6, que são os chamados ácidos graxos essenciais e são as gorduras encontradas em peixes, linhaça, castanhas e azeite.

Continua… 

Juliana Garbayo

facebooktwitterlinkedin

Graduada em Medicina na Universidade Federal Fluminense (UFF). Cursou Residência Médica em Psiquiatria na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ-IPUB)


Postado em por Juliana Garbayo em Ajuda

4 Respostas para Grupos de Atendimento ao Câncer de Mama Rio de Janeiro RJ

  1. Rosa Andrade

    Dra. Juliana, eu a parabenizo! Utilizo seus preciosos comentários para preparar minhas aulas de biologia. Também recomendo aos meus alunos. Beijo.

  2. Juliana Garbayo

    Olá Rosa, Fico muito feliz que esteja servindo de exemplo para seus alunos e para completar suas aulas.
    Bem-vinda ao meu site!
    bjo

  3. Vania Maria dos Reis

    Dra. Gostei muito do seu site. Já passei por essa experiência dura. Foram momentos em que você esvazia a vida e a enche novamente com novos valores. Foi uma experiência incrível, me fez experimentar vários sentimentos com toda sua força e totalidade. Sobrevivi com muito mais alegria e vontade de viver, foi a vida me renovando.
    Sucesso e grandes alegrias. Parabéns pelo seu trabalho

  4. Juliana Garbayo

    Olá Vânia! Realmente a experiência de lutar contra o câncer modifica profundamente quem passa por ela. Não se sai o mesmo desta luta – em geral a pessoa sai mesmo assim, como você disse, mais confiante da sua própria força e também dos seus limites. Muito obrigada por compartilhar sua experiência. Um beijo!

Adicione um comentário

Se você deseja ajuda, por favor entre em contato conosco, consultório de Psiquiatria RJ:

Dra. Juliana Garbayo Psiquiatra RJ - Telefone: (21) 99780-4339 Copacabana - Rio de Janeiro
Desenvolvido por WebProfissional