Atendimento

atendimento psiquiatra rj Atendimento

No consultório:

Atendimento em IPANEMA com hora marcada. Agende sua consulta no telefone (21) 99780-4339 de segunda a sexta-feira, entre 10 e 19 horas e aos sábados, entre 10 e 14 horas. Ipanema, próximo ao metrô General Osório e principais linhas de ônibus.

Residencial:

Para casos específicos em que o paciente tenha dificuldade em comparecer ao consultório, disponibilizamos atendimento médico domiciliar apenas na Zona Sul do Rio de Janeiro. 

Informe-se no telefone (21) 99780-4339 ou escolha umas das nossas formas de contato mais conveniente.

Empresarial:

Realizamos palestras de educação e prevenção em saúde mental, dependência química, alcoolismo e outros temas. Contato pelo e-mail dra.juliana.garbayo@gmail.com

Escolar:

Realizamos palestras, para pais e professores, de educação e prevenção em saúde mental da criança e do adolescente. Realizamos suporte e atendimento às turmas e equipe de professores ao luto em casos de mortes envolvendo alunos e/ou professores. Contato pelo e-mail ou pelo telefone 99780-4339.

atendimento familiar Atendimento

Consulta

Quem quer arruma um jeito. Quem não quer, arruma uma desculpa.”

Como aproveitar melhor o tempo da consulta médica?

O seu tratamento é parte de uma parceria onde o objetivo em comum é melhorar o que vem lhe incomodando. Para que possamos aproveitar o máximo possível o tempo da sua consulta, preparamos algumas dicas. Por favor, leia-as antes do seu atendimento.

O que é uma consulta médica?

Consultar um médico significa obter informações a respeito de algum problema de saúde. Você será questionado sobre uma série de coisas que são importantes para que o médico entenda seu problema. O objetivo é fazer o melhor planejamento terapêutico para o seu caso individual. O que você conversa com seu médico em uma consulta está protegido pelo sigilo médico, portanto, procure ser objetivo e sincero nas respostas. Informações erradas podem levar a equívocos no plano terapêutico que podem prejudicar a sua saúde.

Horário

Não chegue atrasado. O tempo separado para a sua consulta foi programado para ser suficiente para que você possa falar e ser ouvido com calma e atenção e para que todas as suas dúvidas sejam esclarecidas. Quando você se atrasa, parte do tempo destinado ao seu atendimento é perdido. Não é possível “entrar” no horário do próximo paciente para “compensar” o atraso porque senão todas as consultas seguintes serão atrasadas e pessoas que chegaram na hora vão precisar esperar muito pelo atendimento.

Esta medida também tem como objetivo assegurar que você será atendido na hora da sua consulta, pois, da mesma forma, uma pessoa que se atrase antes de você não vai “entrar” no seu horário de atendimento. Portanto, programe-se para chegar com pelo menos dez minutos de antecedência.

Faltas e remarcações

Caso precise faltar à consulta, telefone avisando (997804339, 32280656, 988804339). Lembre-se que alguém doente pode estar na fila de espera precisando de atendimento; essa pessoa poderá ser encaixado no horário que ficará vago.

Cronologia

Procure fazer um resumo do seu problema antes da consulta. Coloque os fatos em ordem cronológica, do início do quadro até o dia da consulta.

Se possível, escreva, para não esquecer. Da mesma forma, anote as perguntas que quer fazer ao seu médico. É comum as pessoas se lembrarem de algo que deixaram de perguntar logo após saírem do consultório!

Medicação

 Anote todos os medicamentos que você toma habitualmente ou tomou durante o período em que esteve adoentado, mesmo se, aparentemente, não tenham relação com o quadro. Se possível, leve as receitas destes medicamentos.

Exames

Leve todos os exames relacionados à sua doença atual. Nunca jogue fora exames antigos, mesmo os normais. É muito importante saber que, naquela época, você estava bem. Assim, o médico pode ter uma ideia aproximada da época de instalação da doença.

Lembre-se!

O resultado do tratamento também depende de você, de suas informações, de sua dedicação em tomar a medicação e em seguir os cuidados recomendados.

Nunca interrompa o tratamento sem o conhecimento do seu médico, pode ser perigoso para a sua saúde.

Alguns medicamentos causam efeitos colaterais. Portanto, caso sinta algo que acredite estar sendo causado pelo remédio, telefone para seu médico e relate o ocorrido. Ele saberá se há necessidade de interromper a medicação ou se o problema pode ser contornado.

Da mesma forma, não pare o medicamento apenas porque não está notando nenhuma melhora. A maioria dos remédios psiquiátricos demora um tempo para fazer efeito. Além disso, nem todo medicamento funciona igual para diferentes pessoas.

O remédio que funcionou para um conhecido seu não necessariamente terá o mesmo efeito em você.

 

Foto: depositphotos / Yuri_Arcurs

Desenvolvido por WebProfissional Até Jan 2014.